Como se tornar um entregador do Mercado Livre: veja todo o processo

Veja os meios de se tornar um entregador do Mercado Livre, oportunidade de trabalho que vem sendo bastante aderida pelos brasileiros.

Visando suprir as necessidades dos seus clientes com uma entrega rápida e eficaz, além de reduzir a dependência dos Correios, o Mercado Livre, considerado o maior varejista online da América Latina, disponibilizou uma forma de contratação diferente em sua plataforma, permitindo que o usuário trabalhe como entregador de seus produtos.

Para isso, a empresa aderiu ao crowdshipping, um conceito que faz parte da economia colaborativa, abrangente da uberização, onde cidadãos comuns podem ter espaço no mercado de trabalho ao realizar serviços através de uma plataforma.

Entregadora do Mercado Livre segurando uma caixa marrom nas mãos.
Entregadora do Mercado Livre

Através deste meio, o trabalhador pode flexibilizar seus horários e metas, mas é importante ressaltar que quanto mais ele trabalha, mais recebe. O que pode interessar inúmeros cidadãos desempregados ou que estão em busca de uma renda extra.

Como funciona o serviço de entregador do Mercado Livre?

Através do aplicativo, o entregador receberá ofertas de entregas que mais atendem o seu percurso, que será otimizado pela plataforma. Ao aceitar alguma delas, ele verá quais são as tarifas e qual o tempo estimado para sua execução.

Feito isso, cabe ao trabalhador ir até o local de coleta para direcionar o pacote até o endereço do cliente.

Quanto ganha um entregador do Mercado Livre?

Damos ênfase ao fato da renda adquirida depender do número de entregas realizadas, que tem seu valor alterado perante ao tempo gasto do percurso feito pelo entregador.

A plataforma também oferece recompensas perante alguns feitos realizados. Se o entregador entregar 80 pacotes em uma rota, por exemplo, ele será beneficiado com R$ 50,00.

Segundo o Mercado livre, seus funcionários desta área podem chegar a ganhar R$ 240,00 por dia de trabalho.

Quais os requisitos para ser um entregador do Mercado Livre?

Apesar de tentadora, infelizmente a oportunidade não é acessível para todos. Alguns requisitos serão necessários para que o usuário inicie a jornada de trabalho;

Inicialmente, você precisará possuir um registro como MEI (Microempreendedor Individual), pois o trabalho funciona no regime de pessoa jurídica (PJ). Ele é disponibilizado como contrato, fazendo com que o trabalhador vire um tipo de freelancer.

Este é o fator que permite com que você flexibilize seus horários, tornando-se seu próprio chefe, como uma microempresa contratada pelo Mercado Livre.

O serviço de entregas deverá ser atividade secundária ou principal no cadastro MEI.

Os principais requisitos para se tornar um entregador do Mercado Livre

Já em relação ao veículo escolhido para a entrega e transporte das mercadorias, será cobrado de quem os possui, uma carteira de habilitação em dia.

Outro fator que é requisitado pela plataforma, é de que o carro ou moto escolhidos, seja um bem próprio do entregador e estejam em boas condições de trabalho, ou seja, de até 15 anos de fabricação, estando em situação no mínimo regular com os órgãos de transito.

Caso sejam escolhidas, as motocicletas, devem ter baú ou mochila com capacidade mínima de 80 litros.

Também será necessário que o entregador possua um aperelho celular com um bom plano de dados móveis.

Vantagens de trabalhar como entregador no Mercado Livre

  • O cadastro é totalmente gratuito.
  • Ter flexibilidade nos seus horários.
  • Garantia de renda extra.
  • Mais segurança proporcionada aos entregadores, comparado com os motoristas de Uber ou entregadores de outras empresas.
  • Garantia de recebimento do pagamento após os serviços prestados.

Como ser um entregador do Mercado Livre

Existem duas opções de serviço para aqueles que desejam se tornar um entregador do Mercado Livre: Envios Flex e Mercado Envios Extra. Inicialmente, iremos explicar a diferença de ambos.

Mercado Envios Flex

O Mercado Envios Flex é um app associado ao Mercado Livre, disponível em inúmeras capitais e outras cidades do Brasil. Através dele, o entregador recolherá a mercadoria nos galpões da empresa de e-commerce.

Envios Flez e Envios Extra: Veja as diferenças de serviços para entregadores do Mercado livre

Quando se trata do Mercado Envios Flex, falamos de um aplicativo de intermediação. Isso quer dizer que o trabalhador atende as empresas próximas que possuem lojas em parceria com os serviços do Mercado Livre. Esta forma de envio, existe para que os pacotes cheguem até o cliente no mesmo dia em que a compra dos mesmos foi efetuada.

Diferente do Mercado Envios Extra, este app é disponível somente em São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro.

Cadastro no Mercado Envios Flex

Como citado antes, aqueles que desejam aderir o serviço Flex, prestarão serviços para transportadoras certificadas ou não certificadas, o que pode torna-lo um pouco mais complicado de se conseguir do que a outra opção.

Inicialmente, será necessário possuir uma conta no Mercado Livre ou Mercado Pago.

As etapas para este processo, serão:

  1. Busque por transportadoras: Elas estarão disponíveis no site do Mercado Livre, o entregador em potencial, terá de busca-las no Google, onde terá acesso ao e-mail e telefone de contato das mesmas;
  2. Entrar em contato com a transportadora: Assim como todo emprego, deverá ser feita uma breve apresentação com a empresa, afirmando o interesse em agregar na plataforma;
  3. Fechar contrato com algumas destas empesas prestadoras de serviços para os vendedores do Mercado Livre.
  4. Baixar o aplicativo na loja de apps do seu smartphone, seja Android o iOS e preencher os dados referentes ao cadastro.

Vale ressaltar também que quem realiza e estabelece o pagamento é o vendedor. O valor será recebido pelo entregador dois dias após a entrega da mercadoria.

Mercado Envios Extra

Por sua vez, esta forma se garante como mais simplificada, pois, como citado acima, o entregador trabalhará de forma mais direta com o Mercado Livre. Será necessário que o trabalhador em potencial possua uma conta na plataforma.

Cadastro no Mercado Envios Extra

  1. Baixe o app na loja de aplicativos do seu smartphone;
  2. Preencha os dados referentes a sua conta no Mercado Livre que serão requisitados;
  3. Informe o código de verificação que você receberá através de um SMS ou no WhatsApp;
  4. Aceite os termos e condições;
  5. Confirme a sua localização;
  6. Faça o cadastro do seu veículo na plataforma, informando a placa e ano de fabricação;
  7. Informe o seu CNPJ;
  8. Aguarde a aprovação da plataforma;

Após este processo, fique tranquilo, pois o app do Mercado Envios Extra irá lhe oferecer vídeos de treinamento.

O pagamento será efetuado pelo Mercado Livre uma vez por semana através do Mercado Pago.

Uberização do trabalho

Em tempos de crise econômica, impulsionadas pelo desemprego, a uberização, conceito que descreve a mercantilização total de uma atividade econômica de serviços, através de plataformas digitais, foi a saída de muitos brasileiros perante aos problemas sociais que rondam o país.

A flexibilidade de horários, é um dos principais atrativos para o trabalhador perante a uma alterativa para suprir essa demanda do mercado por busca de empregos, que se apresentou cada vez mais escassa conforme os tempos da pandemia.

Caso queira garantir esta forma de renda e ainda tenham restado dúvidas depois deste artigo, utilize os canais de atendimento do Mercado Livre para contato.

+ Veja também: Carteira de Identidade Digital: veja como baixar no celular

Carregando...